informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página sobre araras, no site www.ninha.bio.br volta à página principal do site
PESQUISE NESTE SITE:

www.ninha.bio.brrituais de acasalamento das avespágina sobre ninhos de avesCuriosidades sobre as avesTudo sobre avesDiversos tipos de passarinhosArarinha azul -  foi considerada extinta na  natureza
 

Araras

Araras, periquitos, cacatuas, papagaios, calopsitas, aves de um colorido sem igual, são frequentes em regiões de clima quente, como o Brasil.
Todas elas fazem parte da ordem Psitaciformes que engloba cerca de 350 espécies. Os representantes dessas aves costumam ser barulhentos e sociáveis - praticamente todas elas vivem em grupos. É bastante comum também que os casais fiquem juntos por vários períodos reprodutivos. Apesar de ter a capacidade e voar por grandes distâncias, poucas espécies migram.

Também da América do Sul tropical provém a Arara Azul e Amarela.

Seu bico grande e curvado parece muito perigoso, embora esta ave seja dócil.

As araras, como as cacatuas e os papagaios menores, raramente aprendem a falar mais do que meia dúzia de palavras, porém sua plumagem colorida compensa sua pouca fala.

Alexandre, o Grande levou papagaios domésticos da índia para Roma, onde se tornaram seus favoritos.

Dois dedos voltados para frente e dois dedos voltados para trás - assim são os pés das araras.

arara azul e amarela
Se precisarem subir em uma árvore, usam o bico para ajudar, enganchando nas cascas das árvores.

As asas estreitas e pontudas permitem um voo veloz e ágil.

O formato do bico juda na alimentação, geralmente sementes, nozes, frutas e flores.

Na hora de se alimentar, as araras coordenam muito bem bico e patas para agarrar e arrancar pequenos pedaços da comida.

As araras são reconhecidas por sua voz característica.

Entre as espécies conhecidas no Brasil, estão a arara-vermelha, a arara-azul, a arara-juba e a arara-canindé.

Vivem em bandos pelas matas e se alimentam de frutas.

Juntamente com os papagaios, as araras são consideradas aves muito inteligentes.

ararajuba

 

Ao lado a Ararajuba

Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae
Nome popular: Ararajuba
Nome científico: Guaruba guarouba


Vive no Brasil, nos estados do Pará e Maranhão.
Alimenta-se de frutos e grãos, mas gosta mesmo é de açaí.
Pode por até 9 ovos, mas em média são 4 ovos, que eclodem após 29 dias de incubação
Pode viver até 35 anos.

Seu nome vem do tupi e significa “arara amarela”.

Possui cerca de 34 cm de comprimento.

O macho e a fêmea são idênticos e formam casais fiéis por toda vida. Costumam reproduzir-se em buracos de árvores.

araras

Comida ou remédio?

As araras combatem o efeito venenoso de algumas sementes que ingerem comendo caolim, uma argila fina (o ingrediente básico do leite de magnésia) . O caolim liga as toxinas e torna-as relativamente inócuas.

Além disso o caolim serve como um complemento mineral pois contém cálcio e sódio, inexistente na dieta de frutas e sementes, que as araras comem.

arara  vermelha

Ao lado a arara-vermelha

Família: Psittacidae
Ordem: Psittaciformes
Nome Científico: Ara chloropterus

Apesar de se chamar arara-vermelha, também tem penas azuis e verdes.

Vive na Amazônia brasileira e em florestas no leste do País.
Encontrada também no Panamá, Paraguai e Argentina.

Alimenta-se de frutos, sementes, folhas, insetos e pequenos animais.

Uma das espécies mais encontradas é a arara-vermelha-grande. Além de suas penas coloridas, o que costuma atrair a atenção é seu barulho estridente.

Ela geralmente habita florestas que margeiam os rios.

Outra representante bem conhecida é a arara-canindé, uma ave grande, com coloração predominantemente azul e com peito e ventre amarelos.

araras vermelhas voando

Põe de três a cinco ovos que são incubados por cerca de 30 dias.

Diversas espécies da ordem Psitaciformes estão entre as mais ameaçadas de extinção em todo o mundo, inclusive no Brasil.
Uma das razões é a destruição de seu habitat natural.
A outra é a caça ilegal.
Essas aves são bastante procuradas como bicho de estimação por sua inteligência, beleza e também pela grande capacidade de desenvolver novas habilidades.

A Arara-vermelha-grande mede de 73 a 95 cm de comprimento, e pesa até 1,5 kg.

 

bando de araras

 

O acasalamento é lateral (não consegui foto ainda), diferentemente da maior parte dos psitacídeos, que é feita com o macho sobre a fêmea.

Os casais podem ficar juntos a vida toda e fazem seus ninhos em ocos de árvores e buracos em paredões de pedra.

Pode viver mais de 50 anos.

Um hábito curioso desta ave é o fato de ela se alimentar de terra e barro (normalmente ricos em minerais). A explicação maisusada é que elas fazem isso para neutralizar as toxinas que ingerem quando consomem frutas verdes

ninhos de araras nas pedras

arara azul e amarela

 


casal de araras azuiseamarelasarara azule-e-amarela voando

arara comendo sementes de girassol

 

recuperação de fotos antigas

 

ilustração de uma araraararas no oco da árvore

arara vermelha na porta do ninhoninho nas pedras
arara coloridaarara vermelhaararas vermelhas em um galho de árvore

casal de araras vermelhas

 

 

ilustração de uma ararajuba
 
by   envie e-mail
 
 

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade