informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página sobre a ararinha azul, no site www.ninha.bio.br retorna á página inicial do site
www.ninha.bio.brrituais de acasalamento das avesPágina sobre o TangaráCuriosidades sobre as avesTudo sobre avesDiversos tipos de passarinhospágina sobre ninhos de aves
 
 

Ararinha-azul e Arara-azul e Arara-azul-de-Lear


As cores vibrantes são características da arara, uma ave tipicamente brasileira.
Vivia na Bahia, considerada extinta na natureza.
Todas as aves são ovíparas.


Ararinha-azul

Cyanopsitta spixii

peso 360g
comprimento 27 a 58 cm
Bate as asas lentamente quando voa.
Possui cauda longa e estreira.
Faz ninhos em buracos em troncos.

Existe hoje um programa de reprodução da espécie em cativeiro, com o objetivo de, futuramente, reintroduzir esta espécie na natureza.

ararinhacasal de ararinhas azuisararinha azul num galho de  árvoreararinha azul

casal de ararinhas azuis

Existem ararinhas azuis em cativeiro quase em todo mundo, e este é um dos motivos que ajudou esta espécie a ser extinta na natureza.

Cabe a nós (seres humanos) agora, reverter este quadro.

arara_azul

Arara-Azul

Anodorhynchus hyacinthinus

Vive em vários estados do Brasil - Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Pará, sul do Piauí, sul do Maranhão e baixo Amazonas.

peso 1,2 a 1,5kg
comprimento 98 a 100 cm
É o maior psitacídeo do mundo

 

arara azul voando

 

 

arara azul dentro da árvore

arara azul voando

arara azul

 

ilustração de uma arara azul

desenho - casal de araras azuisninho no oco da árvore
ninho na naturezaninho de arara
ninho em cativeirocasal de araras azuis no ninhoarara azul do ninho

araras azuis de lear

Arara-azul-de_lear

Anodorhynchus leari
Em cativeiro alimentam-se de frutas e sementes
Vive na Bahia
Classe: Aves
Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae

peso 930 a 950g
comprimento 70 a 75 cm

arara-azul-de-lear

Utilizam geralmente como moradia fendas nas rochas de arenito.

As araras-azuis-de-lear pernoitam e fazem seus ninhos em fendas nos paredões de arenito, que é um tipo de rocha.
Aproximadamente aos 6 anos de idade ela se torna madura para a reprodução.
O período reprodutivo coincide com a época das chuvas (março a agosto).

Os casais se separam do grupo e ocupam os ninhos e tem em média 2 filhotes por ninhada.
O período de incubação dos ovos dura em torno de 30 dias.

PESQUISE NESTE SITE:

 

zoológico do Rio

 

As araras azuis que vivem no Zoo do Rio fazem parte do Programa de Reprodução em Cativeiro desta espécie, coordenado pelo instituto Chico Mendes.

Pertencem a mesma famíla dos papagaios e periquitos, e vivem no sertão da Bahia.

Está entre os animais mais ameaçados de extinção devido à sua captura para o comércio ilegal, além da destruição do seu ambiente natural e de seu alimento pricipal, uma espécie de coquinho.

arara no zoo do RioZoo do Rio
 
by   envie e-mail
 
 
Desenhos animados e ilustrações em geral

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com.

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade