informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página sobre o camaleão, no site www.ninha.bio.br
www.ninha.bio.br
 
 

Camaleão

Nome dado a todos os animais pertencentes à família Chamaeleonidae, uma das mais conhecidas famílias de lagartos.
Há cerca de 80 espécies de camaleões

 

O nome "Camaleão" significa "leão da terra".

Movimenta-se lentamente para não assustar a presa. Utiliza a língua que tem uma ponta grudenta para apanhar seu almoço. Consegue, com grande velocidade, estender a língua quase um metro. Sua língua, de ponta pegajosa prende o inseto e este é comido.

Ele se alimenta principalmente de insetos, entre os quais estão o gafanhoto, a joaninha, o besouro, e outros.

 

camaleão

minúsculo camaleão

 

 

Os camaleões distinguem-se de outros lagartos pela habilidade de algumas espécies em trocar de cor, por sua língua rápida e alongada, por seus olhos, que podem ser movidos independentemente um do outro, tendo alguns membros da família cauda preênsil.

 

A tática de fingir-se de morto também é empregada pelo camaleão, mas quando se depara com o perigo, ele faz uma representação convincente de morto, deixando-se cair de lado, com as pálpebras fechadas e as pernas duras.

camaleão escondido na folhagem

Os seus olhos podem ser movidos independentemente para qualquer direção, o que lhe confere aparência curiosa.

Quando um camaleão vê uma presa, pode fixá-la com um olho e utilizar o outro para verificar se não há predadores nas redondezas.

O encéfalo do camaleão recebe duas imagens separadas, que tem de associar. À medida que se aproxima da presa, o camaleão fixa nela ambos os olhos para poder fazer pontaria.

Os olhos são recobertos por uma pálpebra que deixa livre apenas uma pequena área circular no centro, que corresponde à íris e a pupila.

camaleão

este ficou rosado

A mudança de cor tem um papel importante na comunicação durante lutas entre camaleões: as cores indicam se o oponente está assustado ou furioso.

Acidentalmente, a mudança de cor pode ajudar na camuflagem do animal, embora esta não seja uma ocorrência frequente, e sim ocasional.

Os camaleões possuem células especializadas em duas camadas sob a sua pele externa transparente.

As células na camada superior, chamadas de cromatóforas, contém pigmentos amarelos e vermelhos.

camaleão colorido

 

Abaixo das células cromatóforas há outra camada e células: as guanóforas, que contém uma substância cristalina e incolor (a guanina).

Os guanóforos refletem, entre outras, a cor azul da luz incidente.

Se a camada superior de cromatóforas for amarela, a luz refletida se torna verde (azul + amarelo).

 

camaleãozinho

 

Uma camada de pigmento escuro (melanina) contendo melanóforos está situada ainda mais profundamente, abaixo das guanóforas refletoras de luz azul e branca.

Estes melanóforos influenciam o brilho e a claridade da luz refletida.

Todas essas diferentes células pigmentares podem relocar seus pigmentos, influenciando assim a cor da luz que é refletida.

Na Amazônia, encontrar um camaleão indica bons fluidos: estes animais indicam boa sorte, e matá-los traz mal agouro.

camaleao

 

A língua do camaleão pode chegar a ter o mesmo comprimento dele inteiro, e algumas espécies fazem a "mira" além da presa, prevendo sua estratégia de fuga.

Imóvel, o corpo verde e escamado parece um trecho manchado da folhagem.

Mas os olhos não param nunca, estão sempre girando em todas as direções, para localizarem comida ou perigo.

Desta vez é comida, uma mosca que esvoaça por perto. O camaleão a captura em pleno voo, sem outro movimento além de abrir a boca e espichar a língua certeira. Depois engole e volta a ficar totalmente imóvel, a cauda preênsil frouxamente apoiada no galho da árvore, na modorra típica dos lagartos.

camaleao

Para viver, o camaleão precisa muito do calor que recebe quando fica ao sol.
Mais tarde, a sede aperta e o bicho então desce da árvore para beber.

Camaleão raramente desce da árvore por outro motivo que não seja sede ou postura de ovos (a fêmea põe seus ovos em buracos do solo).

Caçado por todos os carnívoros de pêlo e de pena, além de outros répteis, o refúgio mais seguro é mesmo o alto das árvores, entre as folhas.

O corpo nem sempre tem aquela coloração verde.

lindo camaleão colorido

Pode manchar-se de amarelo, azul, cinza, preto, branco, violeta e uma vasta variedade de tons, de acordo com a incidência de luz. Só algumas áreas mais claras, como a faixa branca do ventre, nunca mudam de cor.

Não é verdade que o camaleão assuma a cor do ambiente. A luz influi (a parte do corpo menos iluminada tende a ficar momentâneamente mais clara), mas o fator principal é a emoção. Irritado, o bicho fica preto; quando a fêmea o emociona, fica branco, e assim por diante.

Sede, cansaço, saciedade e outras sensações também determinam mudança temporária de cor, sempre causada por estímulos nervosos que atuam sobre a pele.

Abaixo representação de três características dos camaleões: mudança de cor, rotação independente dos olhos e descamação periódica da pele.

principais características dos camaleões

o rei do mimetismo
 
by   envie e-mail

 

Você pode gostar também de:

Lagartos, lagartixas, iguanas, cecílias, cobras, jacaré, cachorro, cavalo, coruja, barata, aranha, lince, tigre, camelo, gado nelore, coala

 

Recuperação de imagens estragadas pelo tempo

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com.

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade
 

ir pra a página principal do site