informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página  sobre canários, no site www.ninha.bio.br
www.ninha.bio.brrituais de acasalamento das avespágina sobre ninhos de avesCuriosidades sobre as avesTudo sobre avesDiversos tipos de passarinhosArarinha azul -  foi considerada extinta na  natureza
 

Canários

Os canários se alimentam principalmente de alpiste e outras sementes, que eles engolem inteiros e depois tritura na moela.

Uma dieta especial na muda de penas pode tornar mais viva a cor da plumagem, mas se der comidademais elepode ficar doente.

Tem aproximadamente 12 cm de comprimento

Classificação

Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Fringilídeos
Espécie: Serinus canarius

 

canario na árvore

A domesticação e o cruzamento produziram cores diferentes.

Além dos amarelos, há canários verdes, pintados, inteiramente brancos ou alaranjados.

Alguns exibem cristas e variações na forma das plumas, e outros atingem 20 centímetros de comprimento.

Mas os canários amarelos, conhecidos em muitos países como rollers, são preferidos pela doçura de seu canto melodioso.

canarinho novo

na gaiola

Canário-da-terra

É a ave canora mais popular do Brasil.
O canário-da-terra é muito conhecido e estimado não só pelo seu canto, mas também por sua sua agilidade, elegância, fogosidade, vivacidade e boa saúde

 

canário amarelo

Na natureza vivem em pequenos bandos que revoam em ondulações.

Pousam em galhos e depois vão saltitando pelo chão à procura de sementes.

A plumagem, nas costas, é de um marrom-esverdeado, que realça ainda mais o amarelo-vivo da cabeça e do peito.

Quando o sol baixa no horizonte, cada casal se recolhe ao ninho, onde até uns seis filhotes podem estar à espera, conforme a época do ano.

Desse canário selvagem, que ainda vive nas ilhas Canárias, nos Açores e na ilha da Madeira, descende a enorme variedade de canários domésticos espalhada pelo mundo.

 

canarios

Reprodução de canários

Geralmente  põe 4 ovos.
O tempo entre uma postura e outra é de 35 a 40 dias;
Os ovos são chocados por 12 dias.
Podem ser anilhados a partir de 8 diasde vida.
Os filhotes criam penas a partir do 13 dia.
Os filhotes dão as primeiras escapadas para fora do ninho depois do 13 dia.
O filhote come sozinho depois de 27 dias;
As penas estarão completamente crescidas entre 50 a 70 dias (primeira muda).
Canto: 75 dias em diante após o nascimento.
Muda de ninho: 4 a 6 meses
Muda de adulto: 12 a 15 meses.

 

canarinho amarelo

 

 

Os filhotes aprendem a cantar por imitação do pai (as fêmeas quase não cantam), com o qual convivem durante algumas semanas depois do nascimento.

Na época de mudar as penas os canários não cantam.

 

 
 

 

canarios ilustração

O canário sobrevive e se reproduz em cativeiro, sem excessivos cuidados, sendo considerado um passarinho resistente.

Bastam sol, ar fresco, proteção contra oscilações violentas de temperatura e, principalmente contra o calor.

Além disso, é muito importante a limpeza.

canário laranjado

 

Muitas espécies são denominadas a partir da localidade onde se originaram.

 
 

 

canario branco com  laranja

 

Canários coloridos foram recentemente produzidos através do cruzamento do canário doméstico com o Pintassilgo Vermelho de Cabeça Preta da Venezuela, de modo que temos, atualmente, canários nas cores rosa e abricó, como também o laranja-avermelhado brilhante.

 
 
canários

canários na gaiola

 

A fêmea do canário também canta, mas não tão bem quanto o macho.

 

 

Pássaro na gaiola não canta,

lamenta, chora.

 
canário cinza e vermelho

 

Veja também:

 

canário belgacanário branco

passarinho vermelho

 

 

"Sede como os pássaros que, ao pousarem um instante sobre ramos muito leves, sentem-nos ceder, mas cantam! Eles sabem que possuem asas."

Victor Hugo

 

passarinho tomando água na torneira

 

Matando a sede...

 
 
 
canário amarelo comendo a sementinha de uma planta
vários canários de cores diferentes
 
by   envie e-mail
 
 

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com.

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade
 

 

retornar ao início do site