informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página sobre gatos, no site www.ninha.bio.br
www.ninha.bio.brcoelhos e lebrespágina sobre peixinhosDiversos tipos de passarinhosLista de hotéis para gatos em São Paulolista de hotéis para gatos em São Paulo
 
   

Gatos

Animal mamífero, carnívoro, da família dos felídeos. Predador natural de diversos animais, como roedores, pássaros, lagartixas e alguns insetos.
Onça, leão, tigre, leopardo e outros gatos grandes pertencem à mesma família dos gatos domésticos - a família dos felídeos.
Muito parecidos uns com os outros, os felídeos têm cabeça arredondada, pescoço grosso, cinco dedos nas patas da frente e quatro nas de trás, focinho úmido como o dos cachorros, olhos grandes e bigodes.

Quase todos os gatos gostam de se virar sozinhos e de mandar na vida deles.
Em geral os gatos têm paciência com os gatos velhos e com os gatos filhotes (às vezes até com os que não conhecem).
Mamãe-gata é muito carinhosa. Se vai um pouco para longe dos bebês e alguém leva um deles embora, procura o gatinho por todo canto e demonstra sua tristeza (é de cortar o coração).

Seu gato já tem nome?

Se ele ainda não tem nome, facilite as coisas para que futuramente ele possa atender pelo nome.

Escolha um nome de no máximo 3 sílabas. Quanto menor e mais simples, mais fácil ele gravar e entender que é com ele.

Nada de nomes compostos do tipo "Jorge Armando"...além de confundir o gato, pense no mico de ficar chamando o gato quando ele fugir:

-Jorge Armandooooo!!   Cadê você?  Vem cá gatinho!

rsrsrs

 

gato comum

Curiosidadessobre os gatos


Os gatos possuem 5 vértebras a mais que os humanos. Enquanto nós possuimos 206 ossos, os gatos possuem 245 (mas nós não temos rabo...).

O cérebro do gato é mais parecido com o do homem do que com o cérebro do cão.

Os gatos possuem um ouvido mais sensível que os humanos e até do que os cães.
Os gatos ouvem até 65 khz - os homens ouvem até 20 khz.

A menor raça de gatos é a raça Singapura, que pode pesar menos de 3kg.

Gatos adultos geralmente pesam entre 3 e 7 kg

Gatos vira-latas vivem mais do que gatos de raça pura.
Gatos domésticos, bem tratados podem viver em média entre 12 e 18 anos.
Mas existem excessões, como um gato ingles que se chamava Puss que viveu até os 36 anos.

Tchaikovsky colocou em música o miar dos gatos para poder ser tocado em violinos.

filhotinhos subindo em árvore

 

Vídeos Caseiros de gatinhos, enviados pelos seus donos

Veja o vídeo da "Filha" brincando com papel higiênico, uma colaboração de João Luiz Ferreira Ferraz.

 

Envie o vídeo do seu gatinho:

Basta mandar um e-mail com seu vídeo para anamaria.ninha@gmail.com e um texto autorizando a exibição.

gato pelado

Os tipos sanguíneos dos gatos

Gatos só tem sangue do tipo A, B e AB (e AB é raro).
Não existe um doador universal (como o nosso tipo “O”).
É importante saber a tipagem sanguínea do seu gato, pois ele pode vira precisar de uma transfusão, e até mesmo para a reprodução é interessante saber o tipo de sangue dos gatos.

Os gatos com sangue B têm fortes reações imunológicas (como se fosse alergia) ao sangue do tipo A e AB.
Esses anticorpos são passados através do leite da gata, pela amamentação.

Os filhotes sendo do tipo A e a mãe do tipo B, eles vão ingerir anticorpos que atacarão e destruirão os glóbulos vermelhos do seu sangue, causando a icterícia, (os filhotes nascem sadios, mas se tornam fracos e morrem na primeira semana de vida).
O ideal seria cruzar fêmea do tipo B com machos do tipo B.

gatinho no cesto


Gato persa

O temperamento dos persas é muito fofo! Eles perderam boa parte de seus instintos naturais, uma vez que essa raça surgiu de consecutivos acasalamentos entre gatos domésticos, que não precisavam caçar para comer, e tinham todas as suas vontades, manhas e necessidades satisfeitas pelos seus donos.

São uns docinhos, sensíveis e inteligentes. Eles adoram a companhia das pessoas.

Calmos e quietos, miam bem pouquinho, e aprendem com facilidade o que ensinamos.

São bastante disciplinados em relação aos seus hábitos diários, que se tornam regulares e perfeitamente sincronizados aos hábitos da família com a qual convivem... des de que a família tenha hábitos regulares, é claro.  Se você for um doidão, vai ter um gato doidão também..rs

gatinhos brincando de brigar

 

Bom caçador de aves, o gato adulto pode dar saltos de aproximadamente dois metros de altura.
Nas brincadeiras dos gatinhos, já existe uma espécie de "treinamento" pra saltar.
Os gatos,que são conhecidos pelo seu equilíbrio e habilidade de cair em pé, também usam pêlos para determinar sua posição.

Como na maioria dos mamíferos, esses pêlos ficam na orelha interna.

Um gato caindo de cabeça para baixo consegue se virar torcendo o corpo da cabeça até a cauda, assim ele consegue aterrissar com o dorso arqueado e as quatro patas no chão.
Ele precisa de quase 2 segundos pra fazer essa virada, por isso se cair de um lugar muito baixo, pode não dar tempo e ele cair de costas.

Esse sistema de equilíbrio funciona na maioria dos animais vertebrados, orientando a mais simples das ações.

Existe uma teoria maluca (uma brincadeira) que usa essa habilidade do gato para criar um efeito anti-gravidade. Logicamente que é bobagem, mas vale a pena ler para rir um pouco.

gato bravo

Defesa

O gato prefere fugir mas,quando não tem jeito, ele ataca.

Gatos acuados geralmente reagem mostrando os dentes, abaixando as orelhas e assobiando (chiando).

Com as costas arqueadas e os pêlos erguidos, eles parecem maiores e mais perigosos do que realmente são.

Além disso os gatos sibilam para demonstrar sua força.
Seu sibilo é uma imitação do barulho das cobras, que é um dos répteis mais perigosos. Assim eles tentam aterrorizar outros gatos, cachorros ou até mesmo pessoas.

 

olhar de gato cinza

 

O gato continua a ser um grande caçador noturno, mesmo quando não tem qualquer necesidade de caçar.

 

Provavelmente, os antigos egípcios foram os primeiros a domesticar o gato, embora esse animal, embora hoje ele esteja presente em todo o mundo civilizado.

 

Na idade adulta (a maior parte de sua vida) devemos nos preocupar em primeiro lugar com a saúde do gato. É muito fácil manter um gato saudável por isso sua criação tem aumentado no mundo todo.

Um gato adulto precisa de um check-up médico anual, para vacinas, comida de boa qualidade, um ambiente calmo e alguns brinquedos.

gata branca deitada na grama

Vacinação

Os gatos precisam ser vacinados.

Eles devem receber a vacina Quádrupla felina que previne contra quatro doenças:
Rinotranqueíte,
Calicivirose,
Panleucopenia,
Clamidiose.

Normalmente a primeira dose é dada aos 60 dias e a dose de reforço aos 90 dias.

Aos 120 dias de idade é feita à vacina contra a Raiva.

 

Veja também as dicas para viagens com gatos.

gatinho siames

 

 

Existem cerca de 250 subespécies ou raças de gato-doméstico.

O gato tem uma personalidade bastante independente, se comparado a um cachorro.
Mas isso não significa que ele não precise de atenção e carinho.

Na nossa cultura, o gato aparece na mitologia, nas superstições, nos desenhos animados, tiras de jornais, filmes e contos de fadas.
Os mais famosos no Brasil são: Tom, Félix, Gato de Botas e Garfield.

Siameses

Os Siameses  (como esse mocinho da foto ao lado) são considerados mais inteligentes e mais sensíveis do que outras raças.
Os filhotes mestiços de Siamês são afetuosos e inteligentes bichinhos de estimação.

O gato-siamês tem as patas de trás mais compridas do que as da frente (No sul chamam isso de "morro abaixo").
O pêlo, curto, é muito brilhante e bonito.

Angorá

Gato-persa (ou angorá) pode ser de uma porção de cores: branco, azul, avermelhado, preto, cinza, etc.

 

Coisas necessárias para criar um gatinho em casa

*Bebedouro pequeno com água mineral, ou filtrada - à vontade.
Cuide para que o bebedouro esteja sempre limpo.
O bebedouro de pedra conserva a água freca por mais tempo, além de ser mais difícil de virar e derramar a água.
Tenha cuidado de não deixar o gatinho sem água, ou ele aprenderá a lamber as torneiras da casa e em alguns casos até abri-las.

*Comedouro pequeno com a quantidade de ração recomendada para a idade e o tamanho do seu gato.
Também tem que estar sempre limpinho.
Não deixe sacos de ração a vista, ou ele poderá comer até passar mal.

 

gatinho danado fazendo arte

*Arranhador - escolha o de sua preferência, ou leve o gatinho na loja e deixe ele escolher.
Isso evita que ele aranhe os móveis.

*Escova para pelos ou pente de dentes largos...isso depende do tamanho dos pelos do seu gato.
Use a escova com cuidado e carinho, para que seu gatinho aprenda a gostar de ser escovado.

*Brinquedos, bolinhas, ratinhos, chocalhos, etc...

*Caixa de transporte - Qualquer uma que caiba o gato dentro.

*Caixa de areia - Qualquer uma que não seja muito alta pra dificultar o uso. As fechadas, são melhores e seguram por mais tempo os odores.
Se seu gatinho tiver mais de um ano (e parar de comer areia) prefira as areias brancas à base de Carbonato de cálcio ou Sílica.

filhote de gato

*Pá vazada para limpar a areia.
Serve uma peneira grossa.

*Cantinho do gato - uma casinha, toquinha, ou almofada bem fofinha que seja só dele.
Não mude de lugar esse cantinho.

Os animais comprados em pet-shop geralmente já vem educadinhos, sabendo usar a caixinha de areia.
Se você não tiver a caixinha e ele tiver que fazer em outro lugar - desaprenderá tudo.
Depois não adianta brigar com o gatinho.

 

gato adulto bebendo água na torneira

Se faltar água fresca no bebedouro, o gato pode adquirir o costume de tomar água da torneira.

Se ele aprende a abrir a torneira isso pode criar vários problemas, inclusive alagar o apartamento (aconteceu comigo).

O gato é um bichinho muito esperto. Se for ensinado, aprenderá a abrir portas com uma pata, enquanto se firma na outra. Acender e apagar luzes e outros truques que você ensinar.

Apesar do mito que se gerou entorno dos gatos, dizendo que são traiçoeiros e que gostam mais da casa do que do dono, quem já teve um gatinho sabe que nada disso é verdade.
Possuem grande percepção e inteligência. Carinhoso e brincalhão, ele fala pelo olhar, e expressa-se das mais variadas formas, mostrando claramente seus desejos, seu modo de agir, sentir e pensar.
E mostram o quanto podem ser leais, companheiros e fiéis a quem os trata com carinho.

O gato não gosta de mudanças, mas se for inevitavel adapta-se.

gato preto deitado no gramado

 

Caixinha de areia

É só você ter uma caixinha com areia dentro de casa, e mostrar essa caixa de areia para o gato, que ele não fará cocô pela casa.

Gatos preferem fazer cocô na areia e enterrar. Do mesmo modo que enterrar a comida que não comem.

Certifique-se que a caixinha de areia esteja acessível, não estando encima de armários nem em lugares onde a porta costuma ficar fechada.

Se o seu gatinho de repente começar a fazer xixi pela casa, verifique se não é problema de saúde.
Se não for ele está chamando a sua atenção para alguma coisa. Ele pode estar com ciume, pode estar se sentindo sozinho demais, ou pode estar sendo maltratado por alguém...

filhote de gato cinza

Filhotes são bebês

Eles não tem noção de perigo e podem se machucar com facilidade.

Alguns cuidados que você pode ter para prevenir:

Mantenha as janelas e sacadas com tela.

Esqueça as folhagens que não puderem ser comidas (tóxicas).
Quando você não estiver olhando, eles comem mesmo!

Tire do alcance do gato os fios elétricos e cabos de aparelhos eletrodomésticos.
Se estiver ligado e ele roer o cabo, pode levar um choque. Ou ele pode se pendurar e o aparelho cair encima dele (um ferro elétrico por exemplo).

gato peludo e amarelo

Tenha cuidado ao andar pela casa e ao sentar-se - o gatinho sempre pode estar embaixo.

Nunca os deixe soltos perto de ruas pois podem ser atropelados.

Cuidado com outros animais domésticos que podem resolver "engolir" o gatinho. Como um dog alemão por exemplo.

Não de remédios de gente para o gato.
É sério!  Conversando com um veterinário especializado em gatos ele relatou que toda semana aparecem gatinhos doentes que tomaram remédio de gente.
Tinha uma leve indisposição e ficaram doentes de verdade.

Seu gatinho chegou, e agora?

Não vá arrancando ele da caixa e querer que ele fique brincando todo alegrinho no primeiro dia....calma...

Quando ele chegar coloque a caixa num lugar bem tranquilo e abra...e espere que ele saia quando tiver vontade.

Quando ele sair, não pegue no colo...deixe ele conhecer a casa sozinho. Depois quando ele estiver mais tranquilo você mostra pra ele onde estão a cama, a água, a comida e a areia.

Converse sempre com ele, calmamente, e em 2 ou 3 dias ele se sentirá mais seguro e começará a brincar.

Se seu gatinho veio de longe, de outro estado por exemplo, ele vai precisar de cuidados especiais - consulte seu veterinário para saber o que deve ser feito.


O que devo pedir ao gatil quando for comprar um gatinho?

Exames de FIV, FeLV e Anemia Felina que são doenças graves.
Para gatos de raça o Pedigree deverá ser emitido pela TICA ou FIFE.
Carteira de vacinas em dia.
Que o gatinho tenha no mínimo 14 semanas de idade.
Que o gato já venha castrado (principalmente gatas).
Contrato com as devidas garantias de saúde firmadas no acordo.

bebe mordendo o rabo do gato

Bebês e gatos

Não deixe crianças muito pequenas pegarem o gato no colo, pois elas não tem noção que um abraço beeem apertado pode machucar.

Não é saudavel nem para o gato, nem para o bebê, que pode sair arranhado ou engolir pêlos.

Se o seu filho pequeno quer um animalzinho dê a ele um animal de pelúcia até que ele aprenda a lidar com um de verdade.

 

Veneno contra pulgas

Antes de passar no seu gato qualquer remédio contra pulgas, pergunte ao veterinário se o remédio não é perigoso.

O gato, quando lambe o pêlo, lambe o remédio todinho e é capaz de ficar doente e até morrer.

E no caso do bebê da foto ao lado, ele também ficaria doente com o veneno contra pulgas.

tres gatinhos fofos

 

Nos primeiros meses, deixe o filhote dentro de casa

É melhor para seu gatinho que nos primeiros meses ele não saia para o quintal ou para a rua, pois existem muitos vermes que são facilmente transmitidos através de fezes de outros animais como pássaros e ratos, e que podem causar doenças graves.
Rua só 15 dias depois da última vacina.

gato e rato se cheirando

Por que não existe comida de gato com sabor de rato?

Porque o sabor do rato não agrada muito aos gatos. O interessante é a caçada, a diversão.
Eles caçam por instinto.

Mesmo quando doméstico, o gato revela seus hábitos noturnos da vida selvagem: olhos muito sensíveis à luz, tendência a dormir durante o dia, predominância do olfato e da audição como sentidos orientadores.

O gato é um caçador por natureza.

gato caçando rato

Muita gente diz que, desde o nascimento, gato e rato são inimigos. O que acontece é que todo gato gosta de brincar, sobretudo com coisas pequenas que se mexem ou que ao menos saem do lugar quando ele se atira em cima delas (moscas, mariposas, bolas, novelos de lã, cordões).

Rato é pequeno e se mexe. Quantas vezes o gato começa correndo atrás do rato só de brincadeira. Acaba agarrando o rato, apertando os dentes nele para ele não fugir. E mata o bicho sem querer. Sentindo o gosto de carne, come o rato.

Mas, se a gente ensinar, gato é capaz de aprender a gostar de rato, a brincar com rato e até a ter medo de rato.

gata branca caçando

 

Gatos andam sem fazer barulho porque tem almofadinhas nos pés e sua unha fica retraída. por isso conseguem atacar de surpresa.

gato peludo na sala

Velhice

A velhice chega por volta dos 10 anos de idade e o envelhecimento dos órgãos faz as probabilidades de ficar doente aumentarem.

A alimentação deve ser própria para animais idosos, pois possui os nutrientes necessários e é melhor absorvida pelo organismo do gato idoso.

Quanto mais velho mais dorminhoco, alguns dormem até 20 horas por dia.
O pelo vai perdendo o brilho e eles ficam mais carentes de um colinho.

gato molhado

Gatos e banhos

A maioria dos gatos realmente não gosta de banho, embora algumas raças mais peludas gostem.

Existem muitos cuidados necessários com olhos, ouvidos, unhas...o ideal é levar ao petshop onde você o adquiriu quando for necessário o banho.

Se você prefere dar banho no gato em casa, consulte o veterinário ou uma pessoa que trabalhe com isso e peça dicas e esclarecimentos, para evitar aborrecimentos futuros com a saúde do seu gatinho.

Como o leão e outros felinos (mas não todos), também o gato é muito relutante para molhar o pêlo. Mas, se forçado a isso, pode nadar até muito bem.

gato preto

Gato preto da azar?

Dizem os mais supersticiosos que gato preto é sinal de má sorte.

Se ele cruzar o caminho de uma pessoa bastante supersticiosa, essa pessoa é capaz de voltar pra casa e não sair mais de lá o dia todo.

Gatos já foram considerados animais de bruxas (na Europa), mas também já foram considerados sagrados (no Egito).

Enfim, é apenas uma cor de gatinho, como qualquer outra.

 

Importante: Nunca doe ou venda gatos pretos perto do dia das bruxas, da quaresma e de sextas-feiras 13. Lembre-se existem todos os tipos de crenças religiosas, e quem vê cara não vê coração.

filhotinhos

Alimentação

É importante para a saúde do gato que ele receba uma ração de boa qualidade. Isso ajudará também no desenvolvimento do gato e até na beleza de seu pelo.
O melhor é consultar um veterinário especializado em animais de pequeno porte, para que ele indique qual a ração mais adequada.

Mas o gato só pode comer ração?  Não, ele pode comer outras coisas, des de que sem tempero.

Por exemplo: Carne, sardinha, legumes, ovo...leite para gatos bebês .

Não é recomendado dar leite para o gato adulto pois ele já não digere tão bem a lactose e pode vir a ter diarréia.

Água e comida, devem ficar sempre no mesmo lugar. E a caixa de areia também. O gato se habitua a comer e a beber no lugar certo e também se habitua a ir direitinho ao banheiro dele.

Gato pasta?

Mesmo os animais que comem carne precisam complementar sua dieta.

Cães e gatos as vezes comem grama.

A grama contém ácido fólico que é um dos tipos de vitamina B que o corpo precisa para a manutenção de proteínas essenciais para a formação do corpo.

 

amiguinhos abraçados

gato escondido nas folhas secas

Escondido no meio das folhas, o gatinho ao lado parece se divertir com a brincadeira.

Gatos gostam de ambientes calmos e com pouco barulho, e adoram ter um cantinho só deles pra dormir,tomar banho de sol, e se esconder de vez em quando.

O arranhador e a cama do gato devem ser colocados onde eles escolherem.

O sono é muito importante para o gato. Não o acorde, deixe seu gatinho dormir.
O gato passa maior parte do dia dormindo. E se não conseguir dormir podrá ter problemas de saúde.

É muito importante ter telas em todas as janelas pois, como são bichinhos de natureza curiosa, podem querer dar uma passeada e se machucar ou contrair doenças.

Os gatos não gostam de mudanças em seu ambiente. Quando algum móvel é mudado de lugar, é normal que evitem o local por alguns dias, mas depois acabam acostumando.

gato e periquito

Gatos e passarinhos

Gatos e passarinhos podem conviver em paz sim, mas é necessário que além de ser educado para isso, o gato esteja sempre muito bem alimentado, ou seu instinto falará mais alto.

gato com sono

 

Talvez por conservar tantos impulsos contidos de fera, o gato tem atraído o homem desde os primeiros tempos da civilização.

Já foi animal sagrado e personagem de obras literárias.

Segundo tudo indica, o gato fascina o homem por causa de certas impressões subjetivas que causa na gente.

Os movimentos elegantes, a súbita transformação quando passa da calma para a fúria... o gato é um dos poucos animais domésticos que são assim.

gato tentando pegar o peixinho no aquário

Gatos e peixinhos

Nem sempre dá certo....

alguém resiste a este olhar pidão?

Posse Responsável

Pense bem antes de escolher adotar um bichinho pois ele nunca deverá ser abandonado.

Cães e Gatos vivem em média 12 anos.
Você gosta de viajar para lugares onde não poderá levar seu animal de estimação?
Alguns hoteis de animais são focos de doenças e em outros seu bichinho além de ficar longe dos donos, fica confinado.

Se você trabalha fora o dia todo e quer um bichinho pra lhe fazer companhia, o gato é o ideal, pois ele é mais auto suficiente, mas ele também se apega ao dono.

Gatos dormem muitas horas, portanto se adaptam melhor à ausência do dono.
Isso não quer dizer que você pode deixá-lo uma semana sozinho.
O ideal seria ter mais de um bichinho, pois fariam companhia um para o outro.
Mas cuidado, gato e passarinho (por exemplo) não formam um boa dupla.

Lembre-se de conversar com o seu síndico para ver quais as regras do seu condomínio quanto à animais.

Nunca de um bichinho de presente, é uma responsabilidade que cada um deve decidir se quer ou não.

gato perseguindo um louva-a-Deus

Se o seu filho pequeno quer um animalzinho mas ele ainda não pode entender a responsabilidade de ter um bichinho, dê a ele um animal de pelúcia até que ele entenda.

Se você não tem paciência ou tempo para criar um filhote, adote um animal adulto.
Gatinhos que foram recolhidos da rua sofreram tanto que quando encontram carinho, conforto e amor ficam gratos pelo resto de suas vidas.

Não esquecendo que você precisa ter tempo e dinheiro para vacinas e veterinário. A responsabilidade sobre a saúde e o bem estar do gatinho passa a ser totalmente sua no momento que você o adota.

A educação do gato também é de sua responsabilidade. E é necessária uma boa dose de paciência pra isso.
Afinal cenas como esta abaixo não são assim tão incomuns...

gatinhos fazendo bagunça no banheiro

perigo!  Cão muito grande e gatinho muito novo pode não dar certo.

Cães e gatos

Cães e gatos, apesar da lenda, podem conviver bem.

Quando a diferençade tamanho é tão grande quanto a da foto aolado, é necessário acompanhar com mais atenção este relacionamento nos primeiros meses.

 

A grande diferença entre cães e gatos, é que na natureza os cães vivem em bandos e reconhecem a autoridade de um lider - e no caso de um gato doméstico, o líder pode ser você.
Já os gatos, na natureza vivem solitários, e reconhecem territórios e não líderes.

cheirinho - cachorro e gato podem ser carinhosos entre si

 

A natureza do gato é tão diferente da do cachorro que não é de estranhar que os dois sejam frequentemente inimigos.

Se bem que quando um cão e um gato são criados juntos numa casa, podem se tornar bastante amigos.

amizade entre espécies

cão e gato na neve

 

Um carinho, um chamego para seu amiguinho cão.

Livros indicados

DIREITO DOS ANIMAIS
O DIRETO DELES E O NOSSO DIREITO SOBRE ELES

FRANCISCO E OS ANIMAIS

ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS

ANIMAIS, NOSSOS IRMAOS

Infantis:

AMIGOS ANIMAIS

TURMA DA MONICA E OS ANIMAIS (poesia)

COLORS - ANIMAIS COLORIDOS - INGLES PARA CRIANÇAS

OS ANIMAIS DA BIBLIA

DIVIRTA-SE E APRENDA COM PATATI PATATA - ANIMAIS

convivência pacífica

 

A convivência entre cães e gatos, às vezes pode ser pacífica...

cachorro sentado sobre a cabeça do gato

 

 

às vezes nem tanto...

dormindo com o inimigo

 

 

 

Gatos dormem uns sobre os outros

Os gatinhos, quando estão em bandos dormem assim, uns sobre os outros.

Uma das maiores provas de confiança que um gato pode te dar é dormir encima de você.

Isso quer dizer que a foto ao lado apesar de parecer cena do filme "dormindo com o inimigo", demonstra a total confiança que este gato tem neste cachorro.
Ele demonstra que considera o cão "da família".

gatinho folgado

Olha a preguiça do gatinho ao lado!!

 

carne fresca! Dois cachorrões olhando fixamente para um filhotinho de gato

 

 

Oba, carne fresca!!!!

quem manda? Gato  tomou conta da casa do cachorro

gatinhos de rua

 

Qualquer gato que não é de raça tem o apelido de gato-de-telhado.

Gatos de telhado podem ser grandes caçadores, e preferem comer a caça que eles mesmos mataram.

Em geral eles têm bom olfato, ótimo ouvido e ótima vista.

Partes do corpo de um gato

gato por dentro

pernas de gato

Patas de gatos

Os gatos domésticos (e os outros gatos) têm almofadinhas na sola dos pés.

Para as garras não se quebrarem nem ficarem rombudas, os felídeos encolhem as garras quando elas não estão sendo usadas (só o guepardo é que não consegue encolher totalmente suas garras).

Na hora de usarem as garras, põem as garras de fora. Para limpar e afiar as garras, arranham de vez em quando um tronco de árvore, ou no caso do seu gatinho doméstico, o arranhador, e na falta deste pode arranhar a cortina, o sofá...

As unhas dos gatos são curvadas todas para o mesmo lado. Para subir em uma árvore por exemplo, ele sobre usando as garras, e desce pulando da árvore.
Por isso é comum ver gatinhos novos presos encima de árvores. Eles ainda não aprenderam quanto podem subir, e algumas vezes passam da conta.
Sem ter como descer, abrem a torneirinha de miados.

gato preto

 

 

Olhos de gato

Na claridade, as pupilas se fecham quase completamente para não deixarem entrar luz demais e ficam estreitas e compridas parecendo um risco.

No escuro, as pupilas crescem. A claridade, por menor que seja, entra nos olhos, bate numa espécie de espelhinho que eles têm dento do olho, e volta para fora. Porque isso acontece, muita gente pensa que olho de gato consegue brilhar na maior escuridão. Não é verdade. Sem nem um pingo de luz, olho de gato não pode brilhar. Nem olho de nenhum outro bicho.

miauzinho correndo pela casa

Gestação

A gestação dos gatos leva em média 64 dias.
Por volta do 24° dia de gestação o gatinho começa a desenvolver os sistemas de percepção térmica e tátil.
Lá pelo 37° dia é capaz de mover uma das patinhas quando é tocado.
Por volta do 50° dia o gatinho tem o reflexo de sucção e é capaz de sugar o cordão umbilical.
Perto do 54° dia se desenvolve o ouvido interno (do qual depende o equilíbrio).
Depois vem o desenvolvimento do sistema auditivo e do visual.

Uma gata se torna madura sexualmente aos seis meses de idade e pode ter até 3 ninhadas por ano.

Na natureza gatos não formam casais, o macho emprenha a fêmea e vai embora.
Porém não é incomum ver cuidados paternos em gatos domésticos.

gata parindo

Nascimento de gatinhos

Os mamíferos que tem palcentas para os bebês se desenvolvem no útero materno são chamados de mamíferos placentários.

O útero protege os bebês até que estejam prontos para sair.
A comida e o ar para o bebê em formação vem de um órgão que se chama placenta.

Os gatos são mamíferos placentários, e os bebês já nascem peludos.
Em muitas espécies, a duração da gravidez está relacionada com o tamanho do corpo, ou seja, quanto maior mais demora para nascer.

O nascimento é um pouco perigoso para a mãe e para os bebês, que não têm como fugir se aparecer algum predador.

O parto é geralmente um ato íntimo até mesmo para mamíferos que vivem em bandos, como veados e zebras, que se afastam de seus companheiros para dar à luz.

Com nove semanas de gestação, chega a hora do parto.
Esta gata escolhe seu cantinho preferido, deita-se e para dar a luz aos seus filhotinhos.

Quando na natureza felinos e outros mamíferos procuram um lugar protegido da chuva e do vento, pois uma chuva pode até matar os bebês gatinhos.
As contrações do útero fazem com que os filhotes sejam expelidos.
O gatinho nasce envolvido pela mesma membrana amniótica em que
estava no útero (uma pelinha meio transparente, meio esbranquiçada que fica envolta de cada um).

gata cortando o cordão umbilical do filhote

 

Dentro do útero, o gatinho recebe oxigênio e alimento através da placenta, que fica na parede interna do útero (e que parece um pedaço de fígado de gado).

Na placenta, o oxigênio e o alimento passam do sangue da mamãe-gata para o sangue do bebê-gatinho pelo cordão umbilical.

No parto, a placenta se descola da parede do útero, e é expelida logo depois do gatinho.

Assim que a membrana amniótica se rompe (por si só ou com uma mordida da mãe), o líquido vaza e o bebê respira ar pela primeira vez.

A mamãe gata corta o cordão umbilical de seus filhotes com os dentes.

gatinho nascendoO nasce e um pouco depois a placenta sai.
Enquanto isso o sangue no cordão umbilical se coagula e isso evita que, quando a mãe cortar o cordão umbilical com os dentes, o gatinho morra de hemorragia.

A gata come a placenta que acaba de sair .
A placenta é uma excelente fonte de energia, e o que a gata mais vai precisar agora é de energia.

Outro motivo para a gata comer a placenta é que o cheiro dela pode atrair predadores e insetos.

Depois que a mãe lambe e limpa bem o filhote ele acha rapidinho as tetas para mamar.

O parto é bastante cansativo para a gata: os gatinhos nascem em intervalos de quase meia hora.

A gata ataca quem for atrapalhar nesse momento, mas se for bem mansa pode aceitar ajuda das pessoas em quem confia. mas o
Os filhotes miam e mostram as gengivas, como os gatinhos selvagens, quando pressentem a aproximação de alguém.

gatinhos recém paridos

 


Os filhotinhos são pequenininhos, não enxergam e nem ouvem direito. Mas se a mãe sem querer sentar em um deles gritam bem alto para avisar.

filhotinho de gato mamando

Como normalmente existe um intervalo de quase meia hora entre cada parto da ninhada, e nascem de quatro a cinco gatinhos de uma só gravidez, o primeiro a nascer já estará mamando quando os outros nascerem.

Geralmente cada gatinho tem a sua teta, mas se a ninhada é grande demais, eles podem fazer turnos de mamada.

ninhada de gatinhos

 

Quando todos os gatinhos nascem, e estão todos limpinhos a mamãe gata tira uma soneca para descansar enquanto os gatinhos mamam.

As glândulas mamárias, que terminam em tetas, são exclusivas dos mamíferos.

Gatos e cachorros têm duas fileiras de tetas, uma de cada lado da barriga.

Os ungulados (animais que possuem cascos) têm 4 tetas que ficam próximas às patas de trás.

gatinho correndo

Crescimento

Comparados com outros animais, os mamíferos ficam bem mais tempo com seus filhotes.
Um inseto pode pôr centenas de ovos e não precisa mais nem olhar pra ver se nascem. O ouriço-do-mar abandona milhões de ovos na água e ali termina a sua responsabilidade.
Os mamíferos em geral têm poucos filhotes, mas cuidam bem deles. Os mamíferos em gerla limpam, alimentam, aquecem, protegem, ensinam e cuidam deles até que possam se manter sozinhos.
A intensidade dos cuidados varia de animal para animal. Os pais humanos gastam anos criando os filhos. Já a mamãe musaranho deixa os filhotes em um ninho logo depois do parto e volta a cada dois dias para trazer comida.

A gata cuida dos filhotes até que possam se alimentar por conta própria. Os gatos crescem depressa e com nove semanas de idade, já podem dispensar os cuidados da mamãe.

gatinho recem-nascidoGatinho recém-nascido

Os gatos já nascem com pêlos. Como vivem em ambiente úmido, do útero, os bebês nascem molhados de líquido amniótico.

A gata lambe todo o corpo do gatinho e logo o pêlo fica seco e brilhante.

O gatinho é relativamente indefeso. Ele não enxerga nem ouve e não consegue levantar a cabeça, mas pode sentir, cheirar, arrastar-se e achar sua teta preferida.

gatinho com uma semana de vidaGatinho com 7 dias

Em uma semana, o gatinho dobra de tamanho e de peso, e os olhos começam a abrir.

Ainda não distingue cores e formas, e só encherga imagens distorcidas.

Quando ele se suja de urina e fezes, a gata o lambe até que fique limpinho novamente.
Isso é principalmente importante para gatos selvagens, pois o cheiro pode atrair predadores.

gatinho com 21 dias de idade

Gatinho com 21 dias

Com 21 dias os olhos e ouvidos do gatinho já estão funcionando bem e ele já consegue ficar com a cabeça erguida. Seu peso aumentou 4x desde que nasceu.

Os músculos do gatinho estão mais fortes e as pernas estão um pouco maiores. O gatinho já anda um pouquinho, se um jeito meio desajeitado.

Quandoprecisa consegue miar bem alto.
Os dentes de leite aparecem entre a segunda e terceira semanas.

gatinho destroçou o novelo de lã

Gatinhos de seis semanas

Depois da alimentação, a barriga do gatinho quase encosta no chão, pois as pernas ainda são curtas. Agora ele já anda com confiança e deixa o ninho para explorar o mundo e brincar. O gatinho passa a comer alimentos sólidos e mama cada vez menos. A mãe leva as presas para o ninho para que os filhotes aprendam o que devem caçar.

Com seis semanas, o gatinho ainda tem cabeça grande e as pernas curtas.
Ele já consegue sair mais tempo de perto da mãe e brinca com os irmãozinhos.
Ele gatinho já consegue correr e pular.

O gatinho ainda mama, mas já consegue comer outras coisas.

gatinho brincando com novelo

Gatinho de nove semanas

O A maioria dos gatos já desmamou com nove semanas.

Embora prefiram viver em família já podem se defender sozinhos e se separar da mãe.

O gatinho nesta idade passa boa parte do tempo brincando.
Este gatinho da foto ao lado está treinando sua coordenação motora, aperfeiçoando suas reações e testando a força de suas garras. É uma bricadeira bastante séria, afinal.

Enquanto o bebê gato já se tornou independente, o bebê humano, com a mesma idade, é completamente indefeso. Uma de suas atitudes mais recompensadoras é o sorriso, que estimula o afeto, o carinho, e fortalece o relacionamento mãe-bebê, que será importante para toda a vida.

miauzinho

Fihotinhos

Ao nascer, o gatinho começa a desenvolver laços de afinidade e identidade com sua mãe e seus irmãos. Nesta fase, ele identifica gatos como seus iguais.
Filhotes que são retirados da mãe cedo demais não aprendem que são gatos e não reconhecem gatos como seus iguais, podem ter problemas no futuro.
Um gatinho tirado antes da hora do convívio com a mãe e os irmãos pode pensar que é gente, ou pode pensar que é algum outro bichinho com o qual conviveu.

Eu conheci uma gatinha (a Cristal) que pensava que era uma periquita, e vivia empoleirada. A dona dela teve que comprar um poleiro só pra ela, pois ela cresceu e acabava por incomodar a periquita, que nessa época já estava idosa.

Os gatinhos bebês devem ficar em um ambiente calmo e silencioso para que a mamãe gata fique tranquila e nada prejudique o crescimento dos filhotes.

Quando os bebês estão com 45 dias podem começar a comer ração própria para a idade.
Aos dois meses é a hora de fazer a vermifugação, a vacinação e a castração.

gato no bolso

Os gatinhos nascem com os olhinhos fechados, e só abrem por volta do 10° dia, sendo que no 11 ° dia ele já é capaz de virar a cabeça para acompanhar movimentos.

Entre o 15° e 25° dias de vida o gatinho já é capaz de acompanhar a mãe e os irmãos de ninhada com os olhos.

O olfato já nasce bem desenvolvido. É através do olfato que o filhote encontra a mãe, o ninho e sua teta preferida.

Lembre-se, com um ano ele será um gato adulto, aproveite esta fase.

fazendo arte

 

Filhotinhos fazem artes e se metem em encrencas, fique de olho.

 

 

Veja também o GATO-MOURISCO, animal muito raro na Mata Atlântica.
Fotografado no Instituto Rã-bugio para Conservação da Biodiversidade
Jaraguá do Sul – SC

 

Comportamento dos gatos

gatinho dentro de casa

 

Miau

Gatos têm muitos miaus diferentes (dizem que mais de sessenta).

Miau de chamar filhote. Miau de pedir comida.

Miau de dizer que está alegre. Miau de dizer que está triste. Miau de dizer que quer brincar.

Miau pra tudo...observando o seu gato você começará a entender o que ele está tentando dizer.

Abaixo alguns padrões:

*miau suave, mais curto é como se fosse um "oi, cheguei, me dê atenção"
*miau manhoso, meio gemido ou choramingo significa que o gato quer alguma coisa (comida por exemplo). Geralmente começa baixinho e dengoso, mas se você não der atenção pode se tornar alto e irritado.
*miau cantado, alto e alegre geralmente significa que o gatinho quer seu brinquedo favorito ou colo.
*miau zangado e abafado, sinal de briga e aviso de  "fique longe".
*miado abafado e intenso mas meio cantado, geralmente signfica que o gato precisa que você faça alguma coisa pra ele. Ele provavelmente estará olhando fixamente pra você e perto do que ele precisa.
Veja se a porta que vai para sua caixa de areia não está fechada, se a água não acabou ou se o seu brinquedinho caiu em algum lugar e o gato não consegue pegar.

gatinho arrumando encrenca

Brincadeiras

Os mamíferos herbívoros, como os cavalos por exemplo, precisam andar bastante para encontrar comida, mas, quando encontram, podem servir-se sem esforço.

Para os carnívoros, encontrar alimento é mais arriscado e mais cansativo.

Na hora de atacar a presa, ele bicho corre o risco de ser ferido pela caça que tenta se defender. s
Se a presa escapar, ele terá se cansado à toa.

Por isso, as brincadeiras dos pequenos carnívoros como o cão e o gato se assemelham tanto ao comportamento dos adultos quando caçam. Mas, para evitar ferimentos acidentais, é importante que, ao brincar, o bichinho transmita a sensação de brincadeira; caso contrário, pode ser levado a sério pelos companheiros.
O cachorrinho mostra que só quer brincar e não brigar de verdade, inclinando a cabeça e erguendo e balançando o rabo, com as orelhas em pé. Nos seres humanos as crianças se convidam para brincar falando ou com uma risadinha.

Muitas das brincadeiras de um gatinho podem ser interpretadas como técnicas de caça usadas pelo gato adulto. Os gatos brincam sozinhos e também em grupos, quando se fingem de caçadores ou de caça.

Para se alimentar, muitas vezes o gato tem de conseguir pegar um passarinho que esteja voando baixo ou um rato no meio do salto. Isso exige grande coordenação de sentidos e movimentos, que se desenvolve desde cedo.

O pulo do gato é um de seus movimentos mais comuns.
Outros animais caçadores, como as raposas, fazem a mesma coisa. A técnica é chegar de repente e em silêncio por trás da presa, longe do alcance de suas garras e dentes e, antes que ela tenha tempo de reagir, enterrar os dentes no seu pescoço.

Na foto acima o gatinho brinca como se o rabo da mamãe gata fosse a presa.

filhotinhos caçando no quintal

 

Gatinhos procuram coisas para caçar e correr atrás, aguçando seus sentidos e fortalecendo os músculos na séria tarefa de brincarem de caçar.

É assim que se preparam para quando crescerem, assim como meninas que brincam de casinha.

gatinho roçando a parede

 

Gatinhos gostam de roçar seu corpo em pessoas, objetos e outros animais

Gatos roçam e se esfregam para deixar seu cheiro.

É como um sinal para outros gatinhos de que aquilo é dele.
A caminha é dele, o brinquedo é dele, acasa é dele e o dono é dele também...rsrs

A gente não consegue notar o cheiro, mas os outros gatos notam e respeitam.

Em casa que tem vários gatinhos, eles podem vir "marcar seu territótio" várias vezes por dia.

Não deixa de ser uma demonstração de carinho, o gato demonstra do jeito dele que gosta do dono quando o marca como "seu".

 

gatinho subindo numa cadeira

Gatos são mais ativos a noite

Isso é normal, mas se a correria dentro de casa(perto de 48 km/h), a pulação e a mania de subirem tudo e acabar derrubando coisas e fazendo barulho a noite te incomodar, procure fazer atividades com seu gto de dia para que ele canse e durma a noite.

Geralmente gatos que ficam muito presos dentro de casa, precisam queimar a energia de algum modo.

gato e rato

Gatos dão presentes

Não se assuste se seu gato vier do quintal com um rato morto e soltar pertinho de você. É um presente.
Disfarce, e quando ele não estiver vendo, jogue fora.

É um horror ganhar um rato morto, né...rs  mas é o modo dele demonstrar que se importa com você.

lambeção

 

Por que os gatos se lambem

Além de limpar o pelo, as lambidas também alisam e fazem a pelagem funcionar como isolante térmico.

Esse isolante termico proteje o gato do frio ou do calor excessivo.

A "lambeção" também pode ser uma forma de aliviar o estresse.

Ja notou que quando a gente pega o gato, ou faz carinho nele, logo ele começa a se lamber? Parece que está com a mão suja...rs

Mas não é isso. É que gato tem que ter cheiro de gato, e quando a gente passa a mão nele ele fica com cheiro de gente.
Para alguns animais, como o gato, o cheiro é muito importante.

O gato consegue lamber quase todas as partes do seu corpo, por isso que alguns venenos de pulga são colocados na nuca do gato - um dos pouquíssimos lugares onde ele não consegue lamber.

Até nós humanos fazemos um pouquinho isso (os outros mamíferos também) quando lambemos os lábios após comer.

 

lambe-lambe

Onde o gato não alcança com a língua, ele limpa com a patinha. O gatinho molha a pata e passa ela no olho, na orelha...

O gato tem um capricho todo especial com as patinhas, limpando bem pra não ficar nenhum restinho de comida.
Nada pode acontecer com as patas, pois ele depende delas para ter agilidade e caçar, por isso ele cuida tão bem delas.

Quando o gato gosta de uma pessoa, ele quer cuidar dessa pessoa como cuida de si mesmo, e as vezes começa a lamber a pessoa como se lambe, para limpar (mesmo que tenha saído do banho...rsrs).

A língua do gato é áspera como lixa, com suas minúsculas papilas gustativas. A língua humana também tem papilas, mas menos duras e ásperas. A língua do gato serve de "escova" do pêlo.

gata lambendo a cria

Com toda essa lambeção os gatos acabam engolindo muitos pelos. Estes pelos quando engolidos em pequenas quantidades costumam passar com facilidade pelo aparelho digestivo do animal mas em quantidades maiores eles se embolam e o gato acaba vomitando bolas de pelos.

Se o seu gatinho faz isso fale com o seu veterinário de confiança, existe um remedinho que ajuda a desmanchar essas bolas de pelo.

O tigre (que também é um felino) tem a língua tão áspera que uma lambida dele pode até machucar a pele a ponto de sangrar.

A língua dos gatos parece uma lixa, de tão áspera.

Mamãe gata, na foto ao lado, também limpa seu bebê.

gatinho arranhando o arranhadorgatinho destruindo o sofá

Gatinhos arranham móveis

Ao arranhar os móveis eles estão desgastando as bainhas velhas e duras das unhas, para manterem as unhas afiadas.
A solução para isso é um arranhador, educação e corte das unhas.

Gatos fazem xixi nos móveis

Nem sempre, nem todos...mas se você tiver vários gatos machos adultos isso pode acontecer, pois cada um vai querer demarcar seu território.

filhotinho rajado

 

 

 

Gatos podem aprender muitas coisas

Apanhar o jornal e entregar ao dono.

Abrir portas.

Ficar em pé, segurando uma bola nas mãos.

Pedir comida, puxando a roupa de quem trata dele (isso nem precisa ensinar...rs).

E muitas outras coisas....é só ter paciência de ensinar.

Mas não espere que ele aprenda tanto quanto um cachorro.

O gato é bem mais independente, e na maioria das vezes a reação dele vai ser ficar parado e olhando pra você como se dissesse "vai você".

gatinhos no suporte de folhagens

Gatos gostam de ficar no alto

Além de estar fora de alcance dos demais animais domésticos e poder dormir tranquilamente, o gato gosta de observar tudo do alto.

É como se ele pudesse controlar tudo que acontece na casa, lá de cima.
Gatos adoram pensar que mandam na casa, e se as pessoas deixarem eles mandam mesmo...rs

Gatos dorme o dia todo

Eles têm um sono muito leve, pois se aparecer a oportunidade de caçar ele acorda rapidamente.
Pra compensar que não tem um sono profundo, ele precisa dormir muito.

Também dormem mais de dia porque preferem ficar acordados de noite.

Gatinhos mordem

Gatinhos costumam morder de leve para dizer "pare com isso".
Por exemplo, você está passando a mão nas costas do gato, mas ele cansou do carinho e quer que você pare, então mordisca sua mão de leve para que você pare.

Gatinhos as vezes pensam que são ferozes gatões

Alguns gatos têm mania de grandeza

Eles se sentem poderosos gatões, donos da casa, e acreditam que todo mundo tem que fazer a vontade deles.

Querem ser o centro das atenções, não deixando seus donos falarem ao telefone, lerem, assistirem tv ou usarem computadores.

O dono é dele e não o contrário.

Pra saber se seu gato pensa assim, preste atenção quando ele pede comida ou outra coisa...se ele já começar a miar alto e "irritadinho" logo na primeira chamada, então é hora de mostrar quem manda.
E pode apostar que não vai ser fácil.

Melhor conversar com seu veterinário de confiança para saber qual o melhor modo de agir nesse caso.

Gatinho afofando almofada

Gatos arranham, afofam e até desfiam cobertores e almofadas

Ele só faz isto quando está se sentindo muito bem. Este movimento sobreviveu à sua infância, quando ele era amamentado pela mãe, e se o gato continua com esse costume alguns é por que ele se sente à vontade.

Nessa hora o gato constuma ronronar, que também é um modo de mostrar que está se sentindo muito bem.

Pesquise mais animais neste site:

 

bigodes de gato

Linguagem corporal do gato

A cauda de um gato, como a do cachorro, além de servir para o equilíbrio, tem uma linguagem específica.

Por exemplo se a cauda estiver erguida e leve significa que o gato está feliz.
Se estiver erguida e totalmente trêmula ele está ancioso.
Se a cauda balança bruscamente de um lado a outro é porque o gato está muito chateado.
Quando a cauda se move vagarosamente é sinal de que o gato está feliz e relaxado.

Os bigodes e as orelhas também contam coisas:

Se os bigodes estão normais então o gato está tranquilo.
Mas se os bigodes estão amontoados na frente indica que o gato sente medo.
Quando os bigodes ficam mais espalhados e abertos que o normal significa tensão, agitação ou curiosidade.

As orelhas quando eretas, suavemente viradas para a frente, mas um pouco projetadas significam que o gato está calmo, contente e atento.
Quando as orelhas estão eretas e voltadas para a frente é porque o gato está escutando algo, está em prontidão.
Com orelhas achatadas significa que o gato está com muito medo, fugindo.
Cuidado com as orelhas abaixadas e viradas para trás pois significam que o gato está muito irritado, prestes a atacar.

gato-do-mato

Gato do mato

Os gatos normalmente não gostam de molhar as patas, mas o gato-pescador indiano parece gostar de água, afinal os peixes são seu alimento principal.

O gato do mato também come caranguejos, sapos e caracóis.

O gato do mato parece com um gato doméstico, mas é maior, podendo chegar a 1m de comprimento.

Suas pernas têm músculos fortes para que ele possa nadar e andar na água, e seus pés são espalmados para ajudá-lo a nadar.

Uma camada externa de pêlo, longa e áspera, evita que a água molhe sua pele e a camada interna do pêlo.

gatinhos curiosos olhando pela janela

 

Os gatos são bichinhos curiosos por natureza.

gato carioca

 

Gatinho de rua.

Mora nas proximidades do instituto dos surdos, na rua das Laranjeiras - Laranjeiras - Rio de Janeiro.

Gatinhos para adoção em ongs do Rio de Janeiro

gatinho fofo
 
by   envie e-mail
 

Veja também: cachorro, cavalo, bovinos, passarinhos, peixes

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com.

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade
ir pra a página principal do site