informações gerais sobre mamíferosinformações gerais sobre répteisinformações sobre anfíbios em geralinformações e curiosidades sobre avesinformações gerais sobre insetostudo sobre aracnídeosanimais em ordem alfabética
Página sobre rãs, no site www.ninha.bio.br
www.ninha.bio.br
 
 

Rãs

As rãs ao contrário dos sapos e das pererecas passam a maior parte de sua vida adulta na água, diz-se portanto que tem hábito aquático.

 

rã bugiu


Classificação

Os anfíbios anuros (Ordem Salientia) pertencentes à família dos leptodactilídeos (Leptodactylidae) são conhecidos como RÃS.

Na foto ao lado a Rã Bugiu.

Características das rãs

São capazes de mover-se adequadamente fora da água mas são muito mais rápidas nadando nos charcos, brejos e lagoas onde vivem.

São facilmente reconhecídas por causa das membranas entre os dedos que tem a função de auxiliar sua natação.

Alimentação

Em geral, alimentam se de caramujos, lesmas e insetos.

Defesa

As rãs comuns não possuem muitos meios de defesa e são presas fáceis de peixes carnívoros, aves pernaltas e cobras.
As rãs também são muito cobiçadas pelos seres humanos por causa de sua carne, que é muito saborosa.
 

Reprodução

A reprodução começa no fim do inverno, logo após a ibernação.
A fêmea põe de 2.000 a 3.000 ovos.
rão bugiu
rã por dentroesqueleto de rã

rã da floresta

A pele

Os anfíbios adultos precisam viver perto da umidade pois sua pele é fina e pouco queratinizada, sujeita à perda de água. Uma fina epiderme, dotada de inúmeras glândulas mucosas, torna a pele úmida e lubrificada, constituindo-se de um importante órgão respiratório.




Na foto ao lado uma rã da floresta.

macho da rã coachando


"Cantando" para a companheira

Ao lado, a rã coqui de árvore coaxa para atrair uma companheira. Seu coaxar é diferente e parece que ela canta"coqui".

Às vezes a rã coqui usa apenas o a sílaba "co" de seu canto, sobretudo ao cair da tarde. A variação deve-se ao fato de as duas sílabas do canto significarem coisas muito diferentes: a primeira é para acasalar, a segunda, para manter os outros machos longe do território do cantador. O som "co" na linguagem da rã quer dizer "não entre", e é usado para estabelecer o pequeno pedaço de terra do macho. Quando ele se certifica de que a noite não será interrompida, acrescenta "qui" para comunicar às fêmeas que passam: "Venha até aqui".

O sistema de audição dos machos e fêmeas sintoniza-se com uma das duas notas. Há no seu cérebro células receptoras que reagem ao sinal correspondente ao sexo do ouvinte. Parece que essas rãs nunca confundem o "co' com o "qui".

rãs

 

Acenos quando os sinais sonoros não funcionam

As exibições para reivindicar a posse de um território tem suas limitações.

O intruso tem de estar no alcance da visão, do contrário os sinais serão desperdiçados.

Só se pode delimitar um único local em cada exibição.

Mas a sinalização visual tem suas vantagens, principalmente quando outros meios de comunicação são impossíveis.

Estudos recentes descobriram oito espécies de rãs que se exibem acenando com um pé, como uma bandeira.

Sete dessas espécies vivem em rios perto de florestas tropicais, onde o ruído constante da água corrente abafa todos os outros sons que são a linguagem normal das rãs.

Quando os biólogos viram pela primeira vez as exibições da rã com o pé, julgaram que se referiam a galanteios dos machos para atrair as fêmeas.

Porém, estudos mais minuciosos de duas espécies australianas revelaram que as rãs macho anunciavam aos outros machos, sem sombra de dúvida, a posse de um determinado território.

Veja um exemplo da sinalização visual entre as rãs, para demarcar seu território, no vídeo abaixo.

 

 

 
by   envie e-mail
 
Desenhos animados e ilustrações em geral

Caso exista alguma foto aqui que seja sua, colocarei o crédito com o maior prazer. Caso não queira que seja exibida, substituirei por outra.
Para colaborar com textos e fotos, envie email para anamaria.ninha@gmail.com.

animais fora de controleanimais desconhecidosPlaneta TerraSeres HumanosNotícias biológicasAnimais que vivem na terraAnimais que vivem na água
Política de Privacidade
 

ir para a home